Plataforma Religiosa Moçambicana lança seu plano estratégico de prevenção de doenças e promoção da saúde: Ministra da Saúde aceita ser Patrona

Maputo, 27 de Agosto de 2018 – O Programa Inter – Religioso Contra a Malaria (PIRCOM) lançou, no passado dia 23 de Agosto, o seu Pano Estratégico 2019 - 2023 visando mobilizar as famílias para a adesão aos cuidados de saúde com destaque na malária, nas doenças diarreicas, na saúde materno- infantil, no HIV e SIDA na prevenção da violência contra a rapariga, na eliminação de casamentos prematuros arranjados e na gravidez precoce.     

Para além da Direcção e dos líderes das confissões religiosas membros do PIRCOM, participaram na cerimónia a Ministra da Saúde, Dra Nazira Abdula, a Representante da Organização Mundial da Saúde (OMS), Dra Djamila Cabral, e a Directora da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), senhora Jennifer Adams.  
O PIRCOM indicou a Ministra da Saúde para ser a Patrona do seu Plano Estratégico, orçado em mais de 8 milhões de dólares americanos. O mesmo comtempla seguintes acções: 

  • Aumentar o conhecimento e a adopção de métodos de prevenção oportunidades de tratamento de doenças de origem hídrica pelas comunidades;
  • Aumentar o conhecimento das comunidades sobre a melhoria do saneamento do meio e eliminação de águas paradas;
  • Intensificar a sensibilização para a utilização das medidas de controlo vectorial que impedem a picada do mosquito causador da malaria (dormir debaixo da rede mosquiteira todos os dias e aceitar que as residências sejam pulverizadas);
  • Consciencializar a população para procurar o tratamento atempado na Unidade Sanitária ou no Agente Polivalente de Saúde mais próximo sempre que ficam doentes e
  • Consciencializar a população a aceitar as medidas de intervenção em curso para prevenir a malaria na gravidez (dormir debaixo da rede mosquiteira oferecida na consulta pré-natal e tomar a medicação a partir da 13ª semana de gravidez). 

A nível mundial Moçambique faz parte dos 10 Países mais assolados pela Malária. Dados oficiais indicam que em 2016, nas Unidades Sanitárias do Pais, foram registados cerca de 10 milhões de casos de Malaria, contra 7 milhões registados em 2015. Apesar do aumento do número de casos no período em referência registou-se uma diminuição em 34 % do número de óbitos, isto é 1.114 em 2016 contra 1.685 em 2015. 

Falando na cerimónia do lançamento a Ministra da Saúde, reconheceu o facto do Plano Estratégico ser lançado num momento particularmente especial para o País, pois no dia 28 de Junho último, o Presidente da República de Moçambique, Felipe Jacinto Nyusi, dirigiu o 1º Fórum Nacional da Malaria no qual foram identificados, de forma clara, os problemas e as propostas de solução para reduzir o peso da malaria no País, bem como a necessidade e a importância da responsabilidade social e a multisectorialidade.
Tenho confiança que este Plano Estratégico do PIRCOM 2019 – 2023 providencia as bases estratégicas necessárias para uma abordagem comunitária e para a redução da morbilidade e mortalidade por malária e doenças hídrica”, frisou a Ministra da saúde.  

Por seu turno a Representante da OMS em Moçambique reconheceu o facto de as lideranças religiosas terem um papel insubstituível na mobilização das comunidades onde estão inseridas. “Elas têm um grande papel no estabelecimento da confiança entre as comunidades e o sector da saúde, e na mobilização das populações, o que contribui de forma significativa para a sua adesão às medidas de prevenção da doença e de promoção da saúde”. Disse

Para a Representante da OMS em Moçambique o PIRCOM constitui um dos exemplos notáveis de envolvimento e participação comunitário, onde com certeza, se estabelecem pontes e sinergias, e se fazem mais e melhor, com vista a alcançar os resultados esperados, dentro do quadro da implementação do Plano Nacional de Controlo da Malaria sob a liderança do Ministério da Saúde.  

A Directora do USAID em Moçambique, instituição financiadora da grande parte das actividades desta organização, revelou que o Governo dos Estados Unidos da América tem muito orgulho em ser parceiro do PIRCOM, desde a sua criação. “Durante este período de convivência o PIRCOM provou ser um parceiro forte, capaz e muito influente e trabalha não só com entidades religiosas, mas também com entidades governamentais e com outras organizações da sociedade civil”, frisou.

De acordo com a Director do USAID, a sua instituição esta particularmente impressionada pelo profissionalismo demonstrado pelo PIRCOM e pela sua capacidade de continuamente buscar novas formas para melhorar o seu trabalho. 

O Sheikh Aminuddin Mohammad, Vice-presidente do Conselho de Administração do PIRCOM, disse na ocasião que actividade da sua organização tem em vista o apoio ao Ministério da Saúde para o alcance dos objectivos do Programa Nacional de Controlo da Malaria (PNCM). “Esta cerimónia representa a 1ª etapa do nosso compromisso, e nós PIRCOM queremos estar munidos das melhores ferramentas que nos possam facilitar cumprir a nossa Visão bem com a nossa Missão”, frisou.

Segundo ele o PIRCOM é uma múltipla aliança composta por membros das religiões cristã, muçulmana, Hindu e Bahai.

Participaram na cerimónia de lançamentos responsáveis de vários sectores do Governo, incluindo do MISAU, técnicos das agências das Nações Unidas, parceiros de desenvolvimento, representantes do sector privado e de organizações da sociedade civil, jornalistas entre outros.

Click image to enlarge
For Additional Information or to Request Interviews, Please contact:
MOREIRA Maria Da Gloria

Telefone: 258- 21492733
Email: moreirag [at] who.int